Logo Cristina Fotin

Dicas e Cuidados


A escolha de um animal de estimação é uma decisão muito importante na vida de um indivíduo ou de uma família.

A convivência com os animais é muito benéfica para o ser humano, proporcionando muita alegria e a oportunidade de compartilhar o amor, a amizade e a companhia de seres tão especiais.

O pet escolhido irá dividir a atenção e o carinho com a pessoa ou membros da família e por isso muitos aspectos devem ser pensados, como por exemplo a afinidade. Algumas pessoas preferem a companhia das aves, outras dos répteis, outros de coelhos e roedores, outras de cães ou dos gatos. Conhecer o comportamento da espécie ajuda muito na escolha.

Uma boa conversa com o médico veterinário pode ajudar em algumas considerações.






Clique nos ícones abaixo para ver as dicas:

Dicas Mamíferos2 Dicas Aves Dicas Répteis
Tempo Disponível Ambiente Adequado Comportamento Tempo de Vida Doenças em animais silvestres Investimento Legislação

Tempo disponível


Alguns animais, ou raças, exigem maior dedicação e tempo para treinamento de alguns aprendizados.

Os cães filhotes, por exemplo, precisam ser ensinados a fazer suas necessidades (fezes e urina) no local certo, com duração de cerca de 2 meses.

Já os gatos não tem esta necessidade, adotando rapidamente a caixa de necessidades, sem treinamento.

Algumas aves como os psitacídeos (papagaios, araras, cacatuas), precisam aprender a sair e entrar de seus viveiros, a conviver com outras pessoas da residência, sem medo ou sem tentativa de bicar.

As aves do grupo dos psitacídeos apresentam intensa atividade social em grupo, na natureza. Então, para seu bem-estar e equilibrio comportamental necessitam de algum tempo de atenção e convívio diário com o ser humano, ou com outros animais da mesma espécie.